Conheça os tipos de clientes que os garçons menos gostam de atender

Muitas pessoas acreditam que as partes mais difíceis no trabalho dos garçons sejam não confundir os pedidos na entrega e não contar as gorjetas errado, no fim do expediente. Mas na verdade, assim como qualquer outra profissão que seja relacionada ao âmbito de serviços, possuem diversos outros contratempos, muitos desses ocorrem mais por conta do aspecto que não poderia ser mais variável: os clientes.

Você pode gostar também:

Confira as recomendações que irão te ajudar na comunicação com seus filhos

Piores comentários sexistas mascarado de elogios

Descubra os motivos que acabam nos constrangendo, mas que não precisaria

Para nós, toda atividade tem que ser respeitada, e preocupar-se com as pessoas diretamente responsáveis por servir o nosso jantar ou qualquer outro tipo que refeição, não deve ser diferente. Por causa disso, vamos listar os clientes que mais incomodam os garçons. Você verá também o tipo de cliente que reconhece os serviços dos garçons.. Confira!

Falantes

© pikrepo

Normalmente os clientes que procuram conversar com os garçons, têm boas intenções: querem mostrar ser simpáticos e dar a entender que valorizam o trabalho dos garçons. No máximo, a reação deverá ser de respeito. Isso porque os garçons, quase sempre, estão lidando com muitas coisas ao mesmo tempo. A senhora sentada naquela mesa é alérgica a nozes; precisa limpar a mesa 4; o casal sentado no canto pediu a conta. Por isso, na maioria das vezes, longas conversas sobre os mais variados assuntos podem está atrapalhando mais do possa imaginar. Além disso, grande parte dos clientes “tagarela” são pessoas de mais idade, que normalmente não tem mais muita pressa com a vida.

  • Por mais que eu goste de falar com você, por favor, não tente me arrastar para uma conversa longa, especialmente se estivermos ocupados. Quero ser amigável, mas não posso ficar aí e falar sobre a origem da minha família e o que estou fazendo na escola. © unknown author / Reddit

Encrenqueiros


© FancyStudio / Depositphotos

Todos os garçons temem porque sabem que, um dia ou outro, terão que suportar algum cliente que não decidiu ir ao restaurante ter uma refeição diferente, ou aproveitar um bom ambiente com uma boa companhia. Não, o motivo da visita desse tipo de cliente deve ser irritar os garçons. Esse tipo de pessoa não se contentam com absolutamente  nada: a temperatura não está boa, o serviço é abaixo do esperado, a música ambiente está ruim, a cozinha, os preços. Infelizmente, alguns clientes não vão procurar outro restaurante, que o agrade mais. Portanto, preferem passar o tempo todo falando de suas insatisfações para os funcionários que estão ao seu redor.

  • No restaurante dos meus pais, fiz atendimento a um cliente que passou todo o jantar me forçando a ir na cozinha e voltar: porque o ponto da carne estava bem passado, depois malpassado demais; despois descobriu que tinha intolerância ao glúten (mas mesmo assim comeu uma torta). Ele ainda tentou furtar uma garrafa da mesa ao lado, falou bobagens a uma garçonete e, no final, ainda pediu desconto pelo “péssimo serviço”. © xJek0x / Reddit

Pais


© EdMontez / Pixabay

Não há problema algum ir a um restaurante e levar a sua família. De forma geral, existem pat de dois tipos de comportamento. Uns deixam seus filhos livres para bagunçarem as mesas, brincar com os garçons e chorar quando a sopa está muito quente, enquanto eles aproveitam as suas refeições. Outros, pedem para darmos alguma coisa para distrair as crianças como algum brinquedo ou caderno, para assim tentar diminuir o estresse aos clientes que estão em volta. Talvez assim, fique bem fácil compreender qual o tipo de pai que os garçons preferem.

  • Alguns dias atrás, uma família veio (pais e dois filhos pequenos) quando vim entregar o pedido, vi que as crianças haviam tirado todos os cubos de açúcar da panela e estavam brincando com eles, rolando-os um para o outro , construção de paredes. Minha reação imediata foi de horror e os pais, vendo isso, disseram rapidamente, “oh não se preocupe, vamos colocá-los de volta depois”. Uau, muito obrigado, por ser tão gentil!

Mesquinhos


© Типичный официант / VK

Uma hora ou outra, os garçons chegam ao topo de suas habilidades: conseguem memorizar os pedidos rapidamente, entregam os pratos sem atrasar e na ordem correta, não distraem os clientes e, ao mesmo tempo, se preocupam em deixar os clientes bem à vontade. Mesmo com tudo isso,  a caixinha não é garantida. Uma das frases mais usadas é: “Por que devo pagar pelo trabalho dessa pessoa?” A dura e real verdade, é que os garçons vivem mais de gorjetas: o negócio é construído a partir desse modelo, certamente não foi inventado por eles.

  • Durante quatro meses, todos os domingos um casal de jovens vinha comer no nosso estabelecimento e nunca deixava gorjeta, independentemente da qualidade do serviço prestado. Um dia minha chefe, incomodada com a situação, pediu que eu os atendesse e “fizesse de tudo para merecer esses 0%”. Os próximos três quartos de hora foram os melhores: esperei cinco minutos para ir cumprimentá-los e levar a jarra de água. Quando estavam prontos para fazer os pedidos, “precisei sair para pegar uma caneta, pois a havia esquecido no balcão”. Voltei só após alguns minutos, mas, enquanto me falavam suas escolhas, eu pedi que esperassem, pois ia mandar uma mensagem para o meu namorado. Também confundi os pratos na entrega e tive tempo para um jogar um pouco no celular, enquanto a comida deles esfriava. Disseram que nunca mais voltariam. © unknown author / Reddit

Indecisos

© Casezy idea / Shutterstock

existem pessoas que fazem os pedidos com tanta insegurança, que dão a impressão de não estão se sentindo à vontade. Mas, ninguém espera que os clientes já cheguem sabendo todos os detalhes do cardápio ou da preparação dos pratos, ou que tenham conhecimento dos nomes complicados e difíceis dos molhos e guarnições. No entanto, é muito importante demonstrar certeza mesmo que seja mínima em relação àquilo que tem desejo de comer. Infelizmente, a famosa “cara de pânico” fará com que seja necessário que os garçons passam informações adicionais, tais como o ponto da carne ou a melhor maneira correta de servir o molho da salada.

  • Não diga que você está pronto para pedir se ainda não estiver pronto para fazer o pedido. Os garçons têm uma lista de coisas que estão constantemente passando em suas cabeças e que eles precisam fazer, e ficar parados ouvindo você decidir não é uma delas. Fazer perguntas é uma história diferente, mas se você não estiver realmente pronto, por favor, não ocupe meu tempo!

Solteirões


© Pxfuel

Alguns clientes não são do tipo muito desejado. Estamos nos referindo a um homem, que normalmente está sozinho, pede apenas algumas bebidas e passa a noite toda à procura de mulheres. Se você por um acaso for a atendente dele, certamente passará grande parte do tempo recebendo cantadas ou pedidos constantes para lhe passar o seu número de telefone.

  • Nunca ligo para os rapazes que me deixam o número de telefone mais guardo todos os recibos com os números, como uma tipo de troféu. O pior é quando a pessoa gasta uma boa quantia no jantar, deixa seu número de telefone anotado, mas não deixa nenhuma gorjeta. isso significa que eu preciso ligar para poder ganhar a gorjeta, é isso? © danam524 / Reddit

Turistas


© KayEss / Wikimedia

Por um lado, estrangeiros podem ser clientes bem difíceis de lidar, principalmente se o garçom não falar outro idioma além do português. Por outro lado, quando essa barreira linguística é ultrapassada, no geral, esses clientes podem ser muito simpáticos, pouco exigentes e bastante justos com o serviço prestado. Porém, é preciso considerar as particularidades culturais de cada país de origem desses turistas, para não oferecer, por exemplo, macarrão com bife aos italianos.

  • Não sei quantas vezes os turistas chegam e começam a falar comigo em alemão, russo, francês ou italiano e ficam surpresos e até zangados por eu não falar a língua deles. Alguns até continuam a falar comigo em russo e provavelmente pensam que, se falarem o suficiente, finalmente entenderei que são alérgicos a amendoim e que querem creme em seu bolo.  © columbu / Reddit

Casais


Muitos restaurantes, principalmente aqueles que possuem uma atmosfera romântica, e parecem ter sido criados especialmente para encontros, conversas íntimas ou “momentos especiais”. Não é de se admirar que esses sejam os preferidos dos casais, mas acontece que nem sempre os garçons têm uma experiência boa com eles. Geralmente, o casal está com o foco um no outro, por esse motivo pede pouca comida e fica ocupando a mesa por um bom tempo. Além disso, muitos garçons se incomodam por “atrapalharem” os pombinhos, com isso precisam esperar a hora certa de abordá-los.

  • Era o Dia dos Pais e uma nova mesa para duas pessoas acabava de ser ocupada. O cara estava de costas para mim, então ele não podia ver quando eu viria. De qualquer forma, eu estava prestes a chegar à mesa deles e encher os copos com água (lembre-se, esse cara ainda não pode me ver) quando de repente ele fez uma pergunta para sua namorada que eu não poderia ouvir. Sim, a expressão em seu rosto quando ele percebeu que eu estava perto foi impagável. © billabong2630 / Reddit

Brincalhões


© PRPicturesProduction / Shutterstock

As pessoas que sempre fazem piadas e tiram brincadeiras com os atendentes ou garçons, certamente nunca pensaram em se colocaram no lugar do outro. Após turnos de 12 horas, até mesmo as piadas mais engraçadas não causarão nem de longe o efeito desejado, sem falar das piores que são as ruins. Claro, os garçons vão rir, mas apenas por cortesia, porém pense bem: Você gostaria realmente de ver o seu senso de humor ser aturado por alguém que não tem outra escolha?

  • Fui garçom por 5 anos. “Posso servi lo em algo mais? Sim, os números da loteria vencedores – um milhão de dólares – qualquer variação disso ”. “Você prefere sopa ou salada com isso? Sim, gostaria de uma super salada ”. Há mais alguns que acredito ter bloqueado na minha memória. Entendo que o cliente está simplesmente tentando dizer uma piada estúpida para alegrar o dia do servidor, e não os culpo por isso. Eu realmente aprecio o esforço. É que nenhuma de suas piadas é original e depois de 5 anos ficam realmente velhas. Um gesto tão bonito, mas não muda o fato de que eles são terrivelmente sem graça. © Cubs1081744 / Reddit

Mal-educados


© Waiting… / Eden Rock Media

Outra categoria, são aqueles que tem a capacidade de transformar um turno tranquilo de trabalho em uma tortura inesplicável, devido à sua grosseria na comunicação com os servidores. Assim que o pedido é feito, o garçom já entende bem a “roubada em que se meteu”: desde “o estabelecimento envenena as pessoas com glutamato” até os “preços são um insulto à população”. Algumas  vezes, ainda, ouvimos essa pergunta: “Vocês devem cuspir na comida, não é?” Em primeiro lugar, hoje, há câmeras espalhadas por todos os cantos. Em segundo, alguns diálogos não são nada agradáveis para quem está apenas tentando fazer o seu trabalho.

  • Ela trabalhava em uma pizzaria. Uma vez que rapazes de 18 a 20 anos vieram até nós, um deles foi desagradável com a garçonete do nada. Ele foi rude com ela e ele mesmo observa a reação de seus amigos. Não havia mais um rosto nele. Bem, encontrei uma maneira de lhe ensinar uma lição. Ele pediu salada e chá. No primeiro gole, nós rimos desafiadoramente e olhamos um para o outro, a mesma reação fizemos quando ele foi comer a salada. Em geral, se acalmou. Ele não comeu, mas na verdade não havia nada para mostrar – uma salada normal, chá comum. Então ele saiu envergonhado e com fome. © Подслушано / Ideer

Estilistas


© pxhere

Esses são o oposto dos clientes simpáticos e tagarelas, esses são aqueles que fazem questão de deixar bem claro sua superioridade financeira sobre os funcionários dos restaurantes. Na verdade, vários garçons, principalmente aqueles que trabalham em restaurantes luxuosos, já têm a noção exata de que os clientes ganham bem mais dinheiro do que eles, ou muito provavelmente não estariam fazendo uma refeição lá. Agir de tal forma, definitivamente não é a forma certa de garantir ou buscar ter um serviço de qualidade.

  • Um casal muito rico de quem eu era amigo há alguns anos se ofereceu para me levar a um restaurante italiano famoso e lendário na cidade com minha melhor amiga e seu marido. Eles se ofereceram para pagar a conta toda, já que não havia como eu nem meus amigos pagamos por isso – não os pobres, mas a sólida classe média com toneladas de dívidas. Eu nunca teria imaginado que meu melhor amigo seria tão afetado pela experiência. Ela se transformou em uma pessoa diferente. Ela disse ao garçom que não entendia por que precisava de um menu, quando eles deveriam apenas “projetar intuitivamente sua experiência alimentar para ela”. Achei que fosse morrer de vergonha. Mas tenho que reconhecer que o garçom disse “muito bem, senhora”, pegou o cardápio e voltou com um prato de espaguete com almôndegas para ela. Todos nós rimos pra caramba. © powaqua / Reddit

Clientes amigáveis

Acredite nisto: gorjetas não são e nem devem ser a única motivação para os atendentes e garçons fazerem o seu trabalho o melhor possível. Um bom comportamento adequado dos clientes funciona tão bem quanto. Em seu dia de trabalho no restaurante, os funcionários ouvem tantas bobagens, que bondade e respeito certamente são qualidades mais valiosas que o dinheiro.

  • Seja gentil? Posso dizer honestamente que, se você for uma pessoa genuinamente gentil e for legal comigo, vou sair do meu caminho para ter certeza de que sua comida é feita corretamente e rápido. Eu não vou me importar se você quer que seja feito de uma forma super especial, honestamente, eu irei até os confins da terra porque sua gentileza genuína é um sentimento tão raro de acontecer em nosso trabalho.  © jeezlouise21 / Reddit

Ser um bom atendente de mesa nunca foi uma tarefa fácil, mas por outro lado, ser um bom cliente pode ser que não seja tão simples quanto parece.