18 exemplos que provam que mesmo sem saber, o professor pode marca memória de alunos

A escola além de nos proporcionar conhecimentos e habilidades práticas, também nos dá muitas memórias inesquecíveis. São muitos os tipos de lembranças desde as bonitas e emocionantes até as traumáticas. Aqui, você verá alguns argumentos que mostram, o quanto momentos simples com um professor podem ser inesquecíveis. Veja a seguir!

Você pode gostar também:

Os 50 Fatos surpreendentes sobre gêmeos que você

54 Fatos Celestiais Sobre o Zodíaco e Signos

O guia definitivo de como jogar futebol

  • O pai me contou. Eles tinham uma professora de literatura na escola que tinha vergonha de dizer a palavra “busto”. Meu pai se lembrava da ida ao museu com a frase da professora perto do busto do poeta: “Olha, crianças, isso é … um bicho de pelúcia de Pushkin”. © EchoNight / Pikabu
  • No ensino médio, tive uma professora que sempre foi muito doce. Ela era uma mulher mais velha e sempre se preocupou que tivéssemos materiais para suas aulas, geralmente às suas próprias custas. Lembro que ela saiu e comprou uns 20 estojos de plástico e os encheu com lápis, réguas, borrachas, tudo o que precisaríamos para a aula.

Um dia, algumas das crianças decidiram jogar alguns dos estojos de lápis pela sala, eles quebraram algumas das réguas e geralmente quebraram muitas das coisas que ela forneceu para nós enquanto ela saiu por 5 minutos para falar com outra professora.

Quando ela voltou, começou a chorar e me lembro de me sentir muito mal por ela. Ela deu à classe pequenos pedaços de doce depois, se desculpando por perder o controle e se emocionar. Éramos nós que deveríamos nos desculpar. ela sempre foi tão doce conosco, embora a classe estivesse cheia de crianças más. © elle-noelle / Reddit

  • A professora postou fotos de seu velho cocker spaniel em todas suas redes sociais. Bem, um tempo depois ele adoeceu e morreu. ela ficou arrasada e tirou alguns dias de folga. A turma trabalhou com a escola para arrecadar dinheiro para comprar um novo cachorro cocker spaniel. Nós o apresentamos quando ela voltou e ela estava tão feliz que chorou. © demonardvark / Reddit
  • No jardim de infância. Uma criança me disse: “A Lua é uma estrela”. Eu respondi: “Claro que não! Meu pai me deu um livro sobre o Sistema Solar, e a Lua é um pequeno planeta que gira em torno da Terra”. então decidimos perguntar ao professor. Ele falou: “A Lua e o Sol são estrelas”. A criança: “Eu te falei…” © Marcus Geduld / Quora
  • Lembro-me que na sexta série da aula ciências sociais respondemos às perguntas do final do um parágrafo. Teve uma pergunta: “Quem no futuro será responsável pela renda material de sua família?” Um colega respondeu: “Bem, vou ganhar dinheiro sozinho e minha esposa vai ficar em casa. Não quero que ela trabalhe!” A professora com uma tristeza inexplicável falou: “Tá bom, sente-se, gostei da sua opinião, vou contar para o meu marido …”. © unknown author / Ideer

“Pessoal! Voltarei só depois do dia 30 de outubro. Por favor, usem o tempo de vocês para estudar. E, sim, que a Força esteja com vocês!” © TishinaEva / twitter

  • Tive que defender minha tese pelo Zoom e muitos professores vieram para assistir. Minha tese foi sobre a resposta imunológica em peixes a parasitas. Uma professora se juntou tarde e se esqueceu de silenciar o microfone e recebemos esta pequena jóia:

“Shhhh. A mamãe está aprendendo sobre parasitas de peixes, que é o que você vai conseguir se não parar de fazer xixi no lago de carpas.”. © daemare / Reddit

  • Tivemos uma professora desagradável, de economia doméstica. a Natalya. Duas amigas estudantes ficaram para aulas extras para costurar e alterar aventais de cozinha. Um pouco depois, as garotas começaram a receber peças lindas, às vezes com lantejoulas, recortes de tecidos, costuravam saias e blusas com elas. Novamente, eles foram retirados e costurados novamente 100 vezes. Uma garota era de uma família grande, a outra era eu. Após o 9º ano, morando em um dormitório universitário em outra cidade, ela se tornou uma estrela e tinha uma renda: ela costurava zíperes manualmente, costurava babados, consertava roupas, etc. Natalya a ensinou a cortar e costurar, de olhos fechados, ela conseguia desmontar e montar uma máquina de costura. Depois de muitos, muitos anos, percebi que essa mulher gentil sentia pena de duas meninas de famílias difíceis, e belos tecidos fornecidos foram pagos da bolsa de Natalya. Esta é uma pessoa tão maravilhosa na minha vida. Não tive tempo de agradecer, infelizmente. Quando encontrei contatos da família de Natalya, ela não estava viva … © sluimer / Pikabu
  • Há tanto tempo que espero para contar esta história e dar crédito a minha professora! A Sra. Brandie Maskell, uma das melhores professoras que já tive. Então, alguns dias antes do prazo final para inscrição no baile, percebi que não receberia meu dinheiro a tempo, porque meu próximo pagamento seria depois do prazo de inscrição. Sempre adorei a Sra. Maskell. Ela era a professora mais inteligente e legal que já conheci. Ela também se preocupava tanto comigo. Ela estava fazendo um baile com alguns outros professores. Mandei um e-mail para ela, desesperada, perguntando se ela poderia esperar o meu pagamento e depois lhe darei o dinheiro da passagem com atraso. Ela não respondeu. Mais tarde naquele dia, no meio do 5º período, minha aula favorita, história. Alguém bate na porta e o Sr. McKinney diz “entre”. É a Sra. Maskell. Ela acena para mim e pergunta a McKinney se ela pode me emprestar por um minuto. Ele está um pouco irritado porque eu estou perdendo aula, mas ele me deixa ir porque … eu era uma das únicas crianças trabalhadoras naquela classe. Fecho a porta atrás de nós. Acho que estou prestes a levar uma bronca por não pensar no futuro e dizer que não, não posso ir ao baile! Não. O que ela fez foi me entregar $ 50. A quantia que preciso para comprar minha passagem. Estou pasma. Uma professora  me entregou cinquenta dólares em dinheiro. Eu  me pergunto por quê. Eu pergunto a ela, por que está confiando em uma adolescente? Ela diz: “Você é uma boa garota. Eu gosto de você. E eu sei que você vai me pagar.” E eu paguei ela de volta. Eu também a vi como uma acompanhante no baile. Ela era uma das mulheres mais bonitas de lá. Fui ao baile de formatura e me diverti muito e guardei lembranças incríveis por causa dessa professora. © Haley Paro / Quora
  • Tive uma professora no primeiro que era péssima. Ela arrumava o cabelo durante a  aula, e passava uma quantidade absurda de laquê, nos deixando praticamente sem respirar, também pintava as unhas na aula. A filha dela também estudava com a gente, o marido dela trabalhava longe. Por isso, quando vinha para a cidade, ele decidia fazer uma visita a esposa durante a aula,  eles conversavam muito alto, sem demonstrar respeito nenhum pelas crianças. Ela realmente não estava nem aí para nós. Estudamos por dois anos com essa professora, até que um belo dia, ela se demitiu. © Оксана Дашкевич / Facebook

professores

“Minha filha tem as primeiras férias na escola: o professor deu tarefas: comer uma deliciosa sopa de abóbora, tomar chá, empinar pipa, construir uma aconchegante caverna de cobertores … E deu um saquinho de chá para cada uma. A filha está feliz: podemos fazer a primeira tarefa hoje?”. © silka / twitter

  • Certa vez, durante a aula, o telefone tocou, a melodia tocou por cerca de um minuto, até que a professora de matemática percebeu que era o aparelho dela. E ela, como se nada tivesse acontecido, tira o telefone do  sapato, e depois de falar, coloca de volta. © sladkijblinchik / Twitter
  • A professora estava passando por um momento difícil e a classe podia sentir isso. Garantimos a ela que tínhamos feito nosso dever de casa e que ela poderia descansar por enquanto. Ela concordou e disse que desligaria o microfone e dormiria um pouco, como sempre fizemos. Seu marido estava bem ao lado dela e o microfone não estava desligado. Ela disse: “Tenho muita sorte de ter esses alunos” e começou a chorar com o marido. Todos nós ouvimos isso, mas ficamos quietos para evitar que ela ficasse envergonhada. Ela dormiu, e durante esse período nós lhe enviamos um presente coletivo de agradecimento. © Unknown_user_12 / Reddit
  • No distante sexto ano, eu não era muito bom em matemática. E depois de outra “resposta vergonhosa” perto do quadro-negro, meu professor disse: “Veja, Lozbenev, o homem realmente evoluiu de um macaco, mas o processo inverso também é possível.” E você sabe, afinal, eu realmente comecei a me esforçar mais depois disso. © Лозбенев Павел / “Яндекс. Кью”
  • A cada aula, nosso professor de biologia verificava se preenchemos o caderno com observações fenológicas: temperatura, vento, umidade, observações da natureza, animais, plantas e alguma anotação sobre o tema. O meu caderno foi preenchido com dificuldade, mas o professor me deu nota baixa por falta de notas. Eu tive que refazer várias vezes. Anos depois, percebi que todos os dias vejo muitas coisas interessantes na rua. Talvez eu prefira tirar notas por isso do que por estudar parágrafos. © unknown author / Ideer

professores

“Meu professor de russo, me deu uma nota de dez pontos” © _ruaba_ / twitter

  • No 9º ano, um novo professor de história veio à nossa escola. Ele começou sua primeira aula sugerindo que um texto fosse escrito em tamanho grande na primeira página do caderno: a opinião do professor Vladimir Viktorovich não é a verdade absoluta! Não é apenas possível, mas também necessário argumentar com ele, argumentar o nosso ponto de vista!”. © yama2 / “Яндекс. Кью”
  • Nossa turma arrecadava dinheiro todo mês para o giz, porque acaba rápido, aí a gente sem querer ia pro escritório da diretora depois das aulas e vimos ela COMENDO O NOSSO GIZ! © cybernadja / Twitter
  • Tínhamos uma professora de literatura que se chamava Laura. Alguns tinham medo dela; outros a odiavam. Mas ela mudou muito a minha vida, e todas as suas aulas estão gravadas na minha cabeça para sempre. Uma vez, tive problemas em uma aula de biologia, e o professor me forçou a ler e explicar 10 páginas de um livro. No primeiro parágrafo, travei. Não entrava nada mais nada na minha cabeça. Passei o dia todo na escola, tentando absorver algum conhecimento. Laura me viu estudando, e então perguntou se eu estava precisando de ajuda. Logo, respondi que não estava conseguindo entender nada. Ela pegou o livro, viu minhas anotações e falou: “Seu erro é tentar decorar tudo. Aqui há muita informação desnecessária. Para compreender bem, você precisa apenas identificar as palavras e frases mais importantes. Não dê atenção às palavras vazias”. Isso me ajuda muito até hoje! © Жаке Из Благодарного / Facebook
  • Na universidade, fiz um estágio em biologia no mar japonês. Uma noite, estávamos nadando nus no mar com nossos professores – três mulheres de idade. Havia apenas alunos e professores. Eu ainda me lembro. Ao mesmo tempo, os biólogos são um povo estranho. © BelkaUSA1983 / Pikabu

Lembro-me da minha nova professora de educação física. Ela tinha as proporções corporais de Nyusha, que de “Smeshariki” é pequena e quase esférica. Ela nos falou no primeiro dia de aula: – Meus queridos alunos. No próximo ano letivo, estaremos envolvidos em um esporte maravilhoso – o basquete. Começamos a rir, porque onde está essa mulher gordinha e onde está o basquete. E essa tia, não deixando seu lugar, mas ela estava no meio do corredor, completamente sem pontaria, estava jogando uma bola de basquete no ringue. Todas as perguntas foram retiradas imediatamente, nós a respeitamos muito. Mas ela arriscou, é claro. © pomarki / Pikabu